Prefeitura de Ferraz pode firmar parcerias com o Sest e Senat

Prefeitura de Ferraz pode firmar  parcerias com o Sest e Senat

A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos pode realizar convênios com o Serviço Social do Transporte (Sest) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), respectivamente. O primeiro passo, para a formalização da parceria que tem como objetivo oferecer cursos de capacitação e assistência médica e odontológica aos trabalhadores do setor foi dado nesta quarta-feira (dia 10 de janeiro), pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Agropecuário.

O titular da pasta Pedro Elias Bou Assi esteve na sede das instituições localizadas em Guarulhos, para conhecer as instalações e participar de uma reunião com o diretor do Sest e Senat Carlos Pelucio. Na oportunidade, Bou Assi e o diretor de Desenvolvimento Econômico, Thiago Severo obtiveram as informações sobre os cursos que são ministrados no Senat e também, os atendimentos médicos que são prestados pelo Sest.

“Foi muito importante conhecer os equipamentos e instalações do Sest e Senat, pois as entidades possuem um leque de cursos de capacitação para os trabalhadores do setor rodoviário, além da prestação de serviços em saúde. A efetivação de uma parceria irá, indiscutivelmente, beneficiar de forma direta, os funcionários das empresas do polo industrial e é isso que o prefeito Zé Biruta (José Carlos Fernandes Chacon) tem como objetivo”, destaca o secretário Bou Assi.

Para Carlos Pelucio a visita da equipe da Prefeitura de Ferraz foi de extrema importância e sinaliza positivamente o início de uma parceria que será benéfica para a população da cidade. “Agora, nós vamos aguardar a Secretaria de Desenvolvimento Econômico preparar um projeto com a formatação das necessidades do município, para posteriormente, adequarmos os cursos de capacitação para atender as demandas da localidade”, adiantou o diretor do Senat.

SEST SENAT

O Sest e o Senat são entidades civis, sem fins lucrativos. Elas foram criadas em 14 de setembro de 1993, pela Lei 8.706, a partir de um processo de conscientização do setor e de entidades sindicais.

​As entidades têm se firmado como substanciais colaboradoras para o desenvolvimento do setor de transporte do País, atuando na formação e na qualificação de profissionais para o mercado, aptos às novas tecnologias e às complexas formas de trabalho. Para a preparação, a promoção do emprego e renda e, acima de tudo, o sucesso profissional dos trabalhadores, as entidades oferecem cursos e serviços especializados, garantindo maior capacitação e acesso ao mercado de trabalho.

A assistência ao trabalhador prioriza, ainda, na área de saúde, esporte, lazer e cultura, a prevenção de doenças, a promoção e a preservação das condições saudáveis dos indivíduos, o bem estar físico e mental e a inclusão e integração do indivíduo na sociedade.

TEXTO: Miguel Leite

FOTOS: Miguel Leite / Secom Ferraz