Ferraz sedia “1º Carnaval da Saúde Mental” do Alto Tietê

Ferraz sedia “1º Carnaval da Saúde Mental” do Alto Tietê

Ferraz de Vasconcelos sediou no dia 23 de fevereiro o “1º Carnaval da Saúde Mental”, por meio do Fórum de Saúde Mental do Alto Tietê. O bloco de rua reuniu 125 pessoas entre pacientes e suas famílias, além de funcionários. O itinerário do grupo percorreu o bairro da Vila Romanópolis.

O objetivo da ação foi trazer mais visibilidade no que diz respeito à Saúde Mental na região, bem como proporcionar a interação com a comunidade. Para isso, os assistidos pelos serviços de Saúde Mental de Ferraz, Suzano, Mogi e Poá estiveram presentes.

De acordo com a coordenadora de Saúde Mental de Ferraz, Gabriela Kulcsar, a iniciativa cumpriu seu papel e a expectativa para os próximos eventos é positiva. “Houve boa adesão não só dos pacientes, mas também dos munícipes. Este foi só o primeiro, o próximo acontecerá em outra cidade participante do Fórum da região e com certeza será melhor ainda”, afirmou Gabriela.

Fórum de Saúde Mental do Alto Tietê

Com a premissa de discutir ideias no que diz respeito a ganhos na Saúde Mental, o Fórum de Saúde Mental do Alto Tietê se reúne uma vez por mês e cada encontro ocorre em uma cidade. As reuniões são abertas ao público e focam pleitear avanços para estes pacientes. Mais informações podem ser obtidas em qualquer equipamento de Saúde Mental de Ferraz, que é atuante no Fórum.

Saúde Mental em Ferraz

Os equipamentos de Saúde Mental em Ferraz são destinados ao atendimento de pacientes com transtornos mentais, oferecendo serviço clínico e reabilitação psicossocial que favorecem o exercício da cidadania, e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, educação, lazer, esporte, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários. Vale ressaltar que a maioria dos pacientes atendidos nestes locais vive em situação de extrema vulnerabilidade social.

O município conta com três pontos de atendimento especializado em Saúde Mental: o Ambulatório de Saúde Mental (Rua Guarani, 581 – Vila Santo Antônio), o Centro de Atenção Psicossocial II, o Caps II (Rua Nove de Julho, 439 – Centro), e o Centro de Atenção Psicossocial em Álcool, Tabaco e Outras Drogas, o Caps AD (Rua Lutécia, 80 – Jardim Dayse).

TEXTO: Leticia Riente

FOTOS: Aurélio Alves / Comunicação Ferraz