Prefeitura de Ferraz concede aumento no dissídio do funcionalismo

Prefeitura de Ferraz concede   aumento no dissídio do funcionalismo

A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos concederá reajuste no dissídio dos servidores municipais de aproximadamente 5,55%. A notícia foi divulgada hoje pelo prefeito José Carlos Fernandes Chacon, o Zé Biruta. O percentual consiste na acumulação do aumento de 2017, que ainda não tinha sido concedido ao funcionalismo, e já o acréscimo de 2018.

De acordo com a secretária de Fazenda, Silvana Francinete da Silva, o aumento será atribuído em dois momentos: o primeiro acréscimo ocorrerá no pagamento de maio, com 3,50% a mais, e o segundo em setembro, com aumento de mais 2,05%, totalizando aproximadamente 5,55%. Em 2017, era para ter ocorrido o repasse da inflação, de 3,99%, e o aumento de 2018 vai ser de 1,55%, assim os dois valores foram acumulados.

Ainda segundo a Fazenda, hoje, o gasto com folha de pagamento é de 50,36% da despesa mensal da Prefeitura. Em termos de gastos, será acrescido aproximadamente mais R$ 520 mil no valor pago com folha de pagamento todos os meses. Vale ressaltar que a questão estava sendo estudada pela administração desde dezembro do ano passado.

O prefeito Zé Biruta falou da alegria de mais um passo estar sendo dado e frisou a importância da valorização do funcionalismo. “A gente queria ter feito isso ano passado, mas com os problemas financeiros que a cidade enfrentava não foi possível. Esse ano vamos dar os dois aumentos, e se a gente pudesse a gente daria um acréscimo maior, porque nada mais justo do que aumentar o salário dos funcionários. Ninguém trabalha porque quer, mas porque precisa e graças a Deus desde quando assumimos, mantemos o salário rigorosamente em dia. Na medida do possível, vamos ajustando tudo”, destacou Zé Biruta.

A secretária da Fazenda, Silvana da Silva, disse que o aumento do dissídio é fruto é um trabalho sério que tem ocorrido desde o ano passado. “É gratificante ver as coisas andando. Ainda não estamos fazendo o ideal, mas estamos conseguindo fazer o mínimo, coisa que no ano passado não ocorreu. Se você melhora a situação do servidor, você melhora diretamente o atendimento da população, além disso, cada funcionário é merecedor”, afirmou a secretária.

TEXTO: Leticia Riente

FOTOS: DeCom Ferraz