Ferraz promove caminhada contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Ferraz promove caminhada contra o abuso   e exploração sexual de crianças e adolescentes

A Secretaria de Educação de Ferraz de Vasconcelos, em parceria com o projeto “Quebrando o Muro do Silêncio”, do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, o Proerd, promoverá no dia 18 de maio (sexta-feira), uma caminhada alusiva ao “Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual”, comemorado no próprio dia 18.

Todas as escolas da cidade foram convidadas e a concentração será na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) “Professor Ruy Coelho”, localizada no Jardim San Giovani, sem número. A previsão é que o grupo saia pelo quarteirão da unidade às 15 horas.

De acordo com a secretária de Educação de Ferraz, Valéria Eloy da Silva Kovac, “Este ato, que é nacional, mostra a união da sociedade em prol da segurança e respeito para com a criança. Por isso, o prefeito Zé Biruta (José Carlos Fernandes Chacon), por meio da Secretaria de Educação, apoia tanto esta caminhada. Estaremos ali com um único objetivo: a defesa dos nossos pequeninos”, afirmou a titular.

Além da caminhada, um material de orientação foi distribuído para os professores da rede, que estão estudando sobre o tema em Hora de Trabalho Pedagógico Coletivo (HTPC) durante todo o mês de maio.

Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual

Dia 18 de maio foi instituído em 1998 como o “Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual”, levando em consideração um crime cometido em 1973: Araceli Cabrera Sanches, de oito anos, foi sequestrada, drogada, estuprada e morta no Espírito Santo. Não houve a punição dos envolvidos.

TEXTO: Leticia Riente

FOTOS: Reprodução