Ferraz reivindica ao Estado mais policiais e viaturas

Ferraz reivindica ao Estado mais policiais e viaturas

O clima de insegurança e os alarmantes índices de criminalidade registrados em Ferraz de Vasconcelos levaram a Prefeitura e a Câmara Municipal a solicitar uma audiência com o secretário estadual de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, que ocorreu na tarde desta segunda-feira (dia 10 de abril), na sede da pasta no centro da capital paulista.
Na ocasião, o prefeito José Carlos Fernandes Chacon (Zé Biruta) aproveitou a oportunidade, para manifestar a preocupação da população da cidade com relação à violência e também, para reivindicar aumento do número de policiais civis e militares, além de novas viaturas para as instituições que prestam serviço no município.
Ferraz de Vasconcelos faz limite com três dos principais bairros com problemas sociais (Guaianases, Itaim Paulista e Cidade Tiradentes), como ocupações irregulares e a falta de infraestrutura na saúde, esporte, lazer e entretenimento e isso gera a violência urbana, principalmente na periferia.
O fato é que a cidade ferrazense acaba se tornando um refúgio para que criminosos aterrorizem a população local e o número de policiais e viaturas se tornaram insuficientes para atender as demandas e coibir a violência. “Não podemos continuar assistindo o aumento da criminalidade passivamente e não cobrar o Estado, que tem o dever e a responsabilidade de oferecer a segurança devida a cada cidadão”, destacou o prefeito ferrazense.
Por sua vez, o secretário Mágino Alves não garantiu atender de imediato as reivindicações feitas pelas autoridades e pelo Conselho de Segurança Comunitário (Conseg). “Dependemos de vários fatores, como por exemplo, concurso público para a contratação de novos policiais (civis e militares), além de concluir processos de licitação para a aquisição de viaturas para o patrulhamento ostensivo”, justificou o chefe da pasta estadual da Segurança.
Participaram da reunião além do chefe do Executivo, os vereadores Marcos Antonio Atanásio, Clóvis Ottoni, Pedro Paulo de Almeida, Alexandre Barbosa dos Santos e Eliel de Souza; representando o Conseg, Kleber Leite Siqueira (presidente) e Cláudio Pilla (diretor).

TEXTO: Miguel Leite
FOTOS: Aurélio Alves