Ferraz capacita servidores com foco no combate ao suicídio

Ferraz capacita servidores com foco no combate ao suicídio

A programação alusiva ao “Setembro Amarelo”, mês dedicado à prevenção do suicídio, continua ocorrendo em Ferraz de Vasconcelos. Hoje, 13 de setembro, a Saúde Mental promoveu uma palestra para pelo menos 80 servidores sobre equilíbrio humano. Durante a semana, o setor também realizou outras ações neste sentido.

A formação desta manhã, direcionada aos profissionais da Saúde e Educação, foi ministrada pelo médico cirurgião Newton Zanetta e ocorreu no anfiteatro do Palácio da Uva Itália, na Vila Romanópolis. O local também acolheu ontem, 12 de setembro, uma roda de conversa encabeçada pela psicóloga Beatriz Maria Antônio, para servidores também da Secretaria Municipal de Educação. Além disso, na oportunidade, houve também a apresentação do coral dos assistidos pela Saúde Mental ferrazense.

Vale destacar que as duas ações tiveram como público-alvo os funcionários da Educação por conta do Programa Saúde na Escola (PSE), afinal de acordo com a Saúde Mental municipal, é essencial que o tema do “Setembro Amarelo” seja trabalhado em sala de aula, conscientizando toda comunidade escolar.

Amanhã, 14 de setembro, às 9 horas, será promovida uma roda de conversa no Centro de Integração a Cidadania (CIC), localizado no Parque São Francisco, para crianças e adolescentes que integram o projeto Bombeiros Mirins no município. Nesta atividade, estarão empenhados os profissionai do Centro de Atenção Psicossocial II (Caps II).

No dia 17, a Saúde Mental de Ferraz tem três ações programadas. Uma ocorrerá na unidade da Estratégia da Saúde da Família (ESF) do Bela Vista, onde os agentes comunitários da unidade realizarão uma roda de conversa entre si sobre o tema no período da manhã. A partir das 14 horas, a roda de conversa será na com os servidores será na ESF do São Lázaro. No mesmo dia, também serão realizados debates no Centro de Juventude (CJ) da Vila Margarida.

“Algumas intervenções demonstram sucesso na redução da violência autoprovocada: falar sobre o assunto, implementar programas entre jovens para o desenvolvimento de habilidades que lhes permitam lidar com o estresse da vida, etc. E o nosso objetivo com estas ações é justamente este, conscientizar a população e servidores neste sentido”, falou Cláudia Cássia Medeiros Santos, coordenadora da Saúde Mental de Ferraz, sobre a importância destas iniciativas neste mês.

O titular da pasta, Aloísio Lopes Priuli, destacou outras medidas que podem ser executadas para o combate ao suicídio. “Identificar precocemente é o melhor remédio. O gerenciamento e acompanhamento destas pessoas, que estão em risco de cometer suicídio, pode literalmente preservar sua vida. Procure ouvir ao máximo esta pessoa, tenha empatia, promova a autoestima e o suporte afetivo. Estes são itens primordiais para ajudarmos pessoas nesta situação”, afirmou Priuli.

Lembrando que para qualquer dúvida, é possível entrar em contato pelo 188 com o Centro de Valorização a Vida, que realiza apoio emocional e prevenção ao suicídio. Os postos de Saúde de Ferraz também podem ajuda neste sentido. Entre em contato.

 

TEXTO: Leticia Riente – MTB: 87999 / SP

FOTOS: Aurélio Alves – MTB: 85280 / SPDeCom Ferraz