Programação do “Outubro Rosa” já começou em Ferraz

Programação do “Outubro Rosa” já começou em Ferraz

A Secretaria de Saúde de Ferraz de Vasconcelos pretende atender mais de 1,5 mil mulheres na edição deste ano do “Outubro Rosa”. As atividades no município já começaram e vão até o dia 30. Algumas das ações também devem ocorrer aos sábados, com o objetivo de proporcionar saúde e prevenção também para as mulheres que trabalham durante a semana.

O principal assunto a ser tratado junto às ferrazenses nesta campanha é a sensibilização quanto à importância da prevenção dos cânceres de mama e de colo de útero. Além disso, a pasta municipal pretende disseminar informação e conscientizar as mulheres a fazerem o autoexame nas mamas.

Neste sentido, Ferraz está intensificando o atendimento para este público nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e nas unidades da Estratégia da Saúde da Família (ESFs), bem como a oferta de coleta de exames preventivos como o papanicolau. Nestes locais, durante todo o mês, as usuárias também poderão participar de rodas de conversa, oficinas com os agentes comunitários de saúde que abordarão, além dos cânceres, a anemia falciforme, por exemplo. As interessadas em participarem destas atividades, devem procurar suas UBSs de referência para conferir a programação, com dias e horários específicos.

Já no centro especializado “Mais Mulher”, localizado no Sítio Paredão, haverá a intensificação de ultrassom das mamas, estes, já agendados anteriormente, além da consulta médica para verificação de exames de imagem.

Nos dias 8 e 9 de outubro, em parceria com o Hospital Regional “Doutor Osíris Florindo Coelho”, na Vila Corrêa, a Saúde ferrazense promoverá ações do projeto “Mulheres Trabalhadoras”, atendendo as funcionárias do Hospital com a coleta de papanicolau, das 17 às 21 horas.

No dia 11, é a vez do “Crescendo com Saúde”, ação que também deve comemorar o aniversário de 66 anos da cidade. A iniciativa ocorrerá na Praça da Independência, no Centro, a partir das 9 horas, e reunirá crianças do município, que falarão sobre prevenção e promoção de saúde. Na oportunidades, os pequenos estarão caracterizadas de várias profissões: fisioterapeutas, farmacêuticos, médicos, psicólogos, etc.

O projeto “Mulheres Trabalhadoras” volta a atuar no “Outubro Rosa” no dia 18, com o “Agita Mulherada”, que deve englobar testes rápidos de HIV, hepatites B e C e sífilis, orientação sobre violência doméstica, dança terapia e incentivo à prática física. A concentração está marcada para às 9 horas na Rua Napoleão Rodrigues Laureano, 88, na Vila Maria Rosa.

No dia 19, o Programa Municipal de Enfrentamento à Violência e Promoção da Cultura de Paz promoverá orientações sobre violência doméstica em quatro polos, sendo os postos da Vila Margarida, Jardim São Lázaro, Santo Antônio e CDHU. No mesmo dia, todos os postos de saúde de Ferraz ficarão abertos das 9 às 16 horas para demanda livre de coleta de papanicolau, vacinas e agendamento prévio para consultas ginecológicas. Também durante todo o mês, a pasta promoverá palestras sobre a saúde da mulher em empresas e indústrias da cidade.

Ao passo de finalizar a programação, no dia 25 haverá dois eventos: a “Barraca Saúde do Abraço”, promovida pelo Conselho do Idoso em um salão de festas localizado na Rua Antônio Silvestre Leite, 150, no Tanquinho, a partir das 15h30, e o “Saúde na Praça”, que oferecerá orientações com música partir das 9h30, na Praça da Independência, no Centro. No dia 30, encerrando oficialmente as atividades da campanha, haverá capacitações para os funcionários da municipalidade, no anfiteatro do Palácio da Uva Itália, na Vila Romanópolis.

Balanço “Setembro Amarelo”

A Saúde ferrazense atendeu mais de 900 pessoas no “Setembro Amarelo” deste ano, mês dedicado à prevenção ao suicídio. Também foram realizadas mais de dez oficinas pelos agentes comunitários de saúde nas ESFs. A secretária de saúde em exercício de Ferraz, Kelly D’avila Hungria Cordeiro, considerou o resultado positivo e afirmou que qualquer ação frente ao combate ao suicídio e apoio às pessoas que sofrem com distúrbios, é válida.

 

TEXTO: Leticia Riente – MTB: 87999 / SP

FOTOS: Aurélio Alves – MTB: 85280 / SP /DeCom Ferraz