Saúde ferrazense pede que munícipes autorizem coleta de larvas do Aedes em suas residências

Saúde ferrazense pede que munícipes autorizem coleta de larvas do Aedes em suas residências

A Divisão de Controle de Zoonoses da Secretaria de Saúde de Ferraz de Vasconcelos está realizando a “Avaliação de Densidade Larvaria” (ADL), que tem por objetivo coletar amostras de larvas do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue e de outras doenças, para análise, o que dará o grau de infestação do mosquito na cidade, visando nortear as ações de prevenção. A próxima coleta deve ocorrer em fevereiro.

Para isto, é necessário que os moradores autorizem a entrada dos agentes de endemias no interior de suas residências. Segundo a pasta, os servidores têm encontrado resistência junto aos ferrazenses quanto esta permissão. Vale destacar que os agentes da Prefeitura estão identificados com colete e crachá.

De acordo com a coordenadora da Vigilância em Saúde de Ferraz, Karina Rente Isidoro, a coleta na casa dos munícipe é essencial para a análise de números reais. “É onde muitas vezes encontramos a fonte do problema. É de suma importância que as pessoas nos deixem entrar, afinal a cidade vem sofrendo um aumento no número dos casos de dengue neste ano”, ressalta Karina.

A titular da pasta, Kelly D’avila Hungria Cordeiro, também pede a cooperação dos munícipes para que um trabalho efetivo de prevenção possa ser realizado no município. “Só com a participação dos moradores vamos conseguir estudar e desenvolver ações que contemplem toda a cidade no que tange a prevenção e cuidado contra a dengue. A população é parte fundamental neste processo e pedimos que cada um deixe os agentes entrarem para que consigamos vencer o Aedes”, finaliza.

 

TEXTO: Leticia Riente – MTB: 87999 / SP

FOTOS: Aurélio Alves – MTB: 85280 / SP/ DeCom Ferraz