Ferraz inicia campanha contra o sarampo e febre amarela na próxima segunda-feira

Ferraz inicia campanha contra o sarampo e febre amarela na próxima segunda-feira

Entre os dias 10 de fevereiro e 13 de março, a Secretaria de Saúde de Ferraz de Vasconcelos promoverá a campanha nacional contra o sarampo, com o objetivo de atualizar a carteirinha de pessoas que tenham até 19 anos. Concomitantemente, também haverá o reforço da vacina contra febre amarela, visando as crianças e pessoas que ainda não tenham sido imunizadas. O dia D será em 15 de fevereiro, sábado, onde todos os postos de saúde da cidade estarão de portas abertas.

A meta é vacinar 95% do público-alvo contra o sarampo. Já contra a febre amarela, todas as crianças que tomaram a dose antes dos 4 anos terão de ter o reforço, além dos munícipes de até 60 anos que ainda não tenham sido imunizados, sendo necessária a aplicação única. Todos as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e unidades da Estratégia da Saúde da Família (ESFs) estão oferecendo ambas as vacinas.

Quem não pode ir até um posto de saúde no horário de funcionamento, que é das 7 às 17 horas, poderá se imunizar no próximo dia 15, sábado, em todos os postos da cidade, das 8 às 13 horas, onde serão oferecidas tanto a vacina contra o sarampo, como contra febre amarela.

No dia D e nas unidades de saúde durante a semana, é necessária a apresentação do RG, e para as crianças, também a carteirinha de vacinação. Desde o começo deste ano, o município não registrou casos confirmados de sarampo e no ano passado foram 78 casos positivos. Nenhum caso positivo de febre amarela foi contabilizada no município em 2019 e até agora, em 2020.

De acordo com o titular da Saúde ferrazense, Aloísio Lopes Priuli, a equipe da pasta está se dedicando no sentido de diminuir os números de doenças, principalmente de sarampo, se comparados com o ano passado. “Ainda não tivemos nenhum caso de sarampo nem de febre amarela neste ano, mas ainda estamos em fevereiro. Por isso, a Secretaria já tem o planejamento com várias ações contra estas doenças, com uma atenção ainda maior para o sarampo. Mas os pais também devem ficar atentos com o reforço da febre amarela para as crianças. É de extrema importância que a população esteja conosco nesta caminhada, afinal se ela não estiver imunizada e conscientizada dos perigos das doenças, não conseguimos atingir nosso objetivo, que é diminuir os casos confirmados em 2020”, disse Priuli.

 

TEXTO: Leticia Riente – MTB: 87999 / SP

FOTOS: Aurélio Alves – MTB: 85280 / Decom Ferraz