GCM de Ferraz interdita comércios por descumprimento da quarentena

GCM de Ferraz interdita comércios por descumprimento da quarentena

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Ferraz de Vasconcelos interditou na manhã de hoje, 26 de março, uma loja do segmento de varejo localizada no Centro da cidade por descumprimento da quarentena, oficializada por meio de decreto municipal. O estabelecimento também foi multado. Nesta semana, a corporação realizou outra interdição, uma adega no bairro do Parque São Francisco.

Nos últimos dias 24 e 25, o gerente da loja já havia sido orientado pela Guarda e Vigilância Sanitária. Não respeitando as recomendações e por meio de denúncia, a GCM recebeu a informação de que o local estaria aberto novamente na manhã desta quinta. Os guardas municipais se locomoveram ao estabelecimento e comprovaram a situação.

Indagado, o gerente da loja disse ter recebido uma ligação da matriz, que informou que a rede possuía uma permissão especial de funcionamento, mas a loja ferrazense não tinha documentos formais que comprovassem tal afirmação. Diante do quadro, o comércio foi multado em 100 Unidades Fiscais do Município (UFMs), o que equivale a aproximadamente R$ 10 mil.

No último dia 24, a GCM também interditou uma adega e tabacaria, que funcionava no Parque São Francisco, depois de o proprietário também ignorar três recomendações da Prefeitura e abrir o local. Ele também foi interditado e multado em R$ 10 mil, além de ter sido encaminhado à delegacia central para elaboração de boletim de ocorrência com natureza de crime contra a saúde pública.

De acordo com comandante da GCM, Cléverson Ramos, desde o decreto assinado pelo prefeito José Carlos Fernandes Chacon, o Zé Biruta, de fechamento dos comércios não essenciais, já foram fiscalizados mais de cem estabelecimentos, sendo 25 autuados e dois interditados, seja por ronda de busca ativa ou denúncias, visando o cumprimentos da legislação municipal e estadual.

“Para inibir o contágio do vírus, temos que nos unir, e isso incluí os comércios não essenciais, assim como consta em decreto. Vamos continuar zelando pelo cumprimento da medida, visando proteger a população, bem como os próprios comerciantes. Pedimos também a ajuda dos munícipes para que denunciem”, afirmou o comandante Ramos sobre a continuação do trabalho da GCM neste sentido até quando for necessário.

A Guarda Civil de Ferraz atende de 153 ou 4674-4334.

 

TEXTO: Leticia Riente – MTB: 87999 / SP

FOTOS: DeCom Ferraz

Posted in