Dois primeiros casos de Covid-19 em Ferraz já estão curados

Dois primeiros casos de Covid-19 em Ferraz já estão curados

Os dois primeiros pacientes ferrazenses confirmados com coronavírus já estão curados. O casal Deise de Souza Bezerra dos Santos e Cláudio Martins dos Santos, 33 e 37 anos, tiverem os exames positivos para a Covid-19 e nesta semana tiveram o fim da doença oficializado. A Secretaria Municipal de Saúde acompanhou todo o processo e continua assistindo de pertos os outros 22 casos positivos contabilizados pela cidade.

Deise é auxiliar de enfermagem em uma rede privada de hospitais e no dia 28 de fevereiro teve contato com um paciente suspeito de coronavírus, que havia viajado à Itália. A moradora da Vila Solar começou a se sentir mal no dia 6 de março, quando teve febre. No dia 7, procurou atendimento em um hospital de Suzano, onde fez exames, foi medicada e realizou a coleta de amostras para o exame para Covid-19. Neste dia, Deise foi mandada para casa por conta dos testes não terem apresentado alterações.

Mas no dia 8, a ferrazense se sentiu mal novamente, mas desta vez procurou atendimento no hospital em que trabalha, localizado no Tatuapé. Apesar de uma falta de ar discreta, ela também foi liberada, o que já não ocorreu no dia 9, quando ela de novo procurou atendimento, mas agora em um hospital da rede privada no bairro do Paraíso, na capital paulista. Deise foi internada e recebeu o resultado positivo no dia 10 de março. Ficou na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do dia 12 ao dia 30 de março, entubada em estado grave. No dia 19 de março, iniciou um tratamento com a cloroquina, medicamento que está sendo testado em todo o mundo como potencial combatente ao vírus. Com o passar dos dias e a evolução do quadro, no dia 1º de abril foi para o quarto e no dia 7 teve alta.

Por conta do contato próximo, o marido de Deise, Cláudio dos Santos, também testou positivo para o novo coronavírus e ficou em isolamento domiciliar durante 14 dias, mas apresentando apenas sintomas sutis. Ele foi confirmado com a doença no dia 14 de março e liberado do isolamento domiciliar no dia 24.

“Foi uma luta, muito difícil. Os médicos tinham desacreditado minha esposa. Depois que também fui confirmado com a doença, não podia mais acompanhar ela no hospital. Mas graças a Deus, recebemos um milagre e tivemos todo o apoio não só dos hospitais pelos quais passamos, mas também da Secretaria Municipal de Saúde, que nos ajudou a passar por esta fase”, afirmou Cláudio dos Santos, sobre as dificuldades e o apoio que teve durante o período.

O titular da Saúde ferrazense, Aloísio Lopes Priuli, destacou o acompanhamento do casal por parte da Vigilância Epidemiológica e ressaltou que o mesmo ocorre com os outros casos positivos e suspeitos na cidade. “Foram os dois primeiros casos em Ferraz, por isso era imprescindível que nós acompanhássemos tudo de perto. A nossa felicidade pela cura do casal é enorme e esperamos mais notícias dessas na cidade. Sobre os outros casos positivos e suspeitos, estamos acompanhando todos da mesma forma. E continuamos pedindo para que a população fique em casa, se puder”, disse Priuli.

O prefeito José Carlos Fernandes Chacon, o Zé Biruta, afirmou que a municipalidade continuará promovendo as ações que forem necessárias para que mais pessoas sejam curadas e o vírus menos disseminado. “Já tomamos muitas decisões no sentido de proteger a população do contágio pelo Covid-19 e continuaremos fazendo o que for preciso. Fico muito feliz pela Deise e pelo Cláudio. Vamos conseguir passar por mais esta luta”, falou Zé Biruta.

 

TEXTO: Leticia Riente – MTB: 87999 / SP

FOTOS: Divulgação / Aurélio Alves – MTB: 85280 / DeCom Ferraz