Ferraz capacita profissionais da Saúde sobre Sífilis

Ferraz capacita profissionais da Saúde sobre Sífilis

O Serviços de Atendimento Especializado (SAE) de Ferraz de Vasconcelos realizou nesta terça-feira (29 de agosto) uma capacitação sobre Sífilis para aproximadamente 30 profissionais da Saúde ferrazense. Foi a primeira ação realizada no sentido de padronizar e incentivar a prevenção da doença, bem como formar os servidores sobre o assunto.

Realizada no Jardim Bela Vista, a capacitação ocorreu no período da tarde e contou com a palestra do infectologista da rede, Marcelo Ossomo Maki, que fez uma introdução e ainda explicou um pouco sobre o histórico da doença, além do tratamento, como se adquire, os tipos e o diagnóstico de cada fase.

Em Ferraz, testes rápidos de Sífilis, bem como de HIV e Tuberculose são oferecidos em 14 Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, e o resultado sai em até 20 minutos. A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza não só o tratamento para Sífilis, mas também o acompanhamento por parte da UBS, da Vigilância Epidemiológica e do próprio SAE, que monitora se o paciente finalizou ou não o tratamento.

Sobre a capacitação, a coordenadora de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST / HIV/ Aids) do SAE, Raquel Silva Santos, afirma que formações como esta são fundamentais para prevenção, pois evitam maiores problemas no futuro. “Essa capacitação teve como objetivo sensibilizar os profissionais sobre os casos de Sífilis e colocar um padrão no modo como o paciente deve ser atendido nas unidades, para que um padrão seja criado, assim facilitando o controle do tratamento. Além disso, nossos profissionais devem ser informados para informar, resultando no crescimento em rede”, explicou Raquel.

Vale ressaltar que na fase primária da Sífilis, o paciente pode ter uma afta ou um caroço que não dói. Já na segunda, podem aparecer lesões nos pés ou nas mãos. As gestantes também devem ficar atentas a estes sintomas, pois a Sífilis em mulheres grávidas pode se tornar congênita, passando a doença para o bebê.

TEXTO: Leticia Riente
FOTOS: Aurélio Alves / Secom Ferraz