Prefeitura e Câmara se reúnem para discutir solução para camelôs

Prefeitura e Câmara se reúnem para discutir solução para camelôs

A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos e a Câmara de Vereadores se reuniram com uma comissão de camelôs, na manhã desta terça-feira (dia 31 de outubro), na Secretaria de Governo para discutir e encontrar soluções para o retorno da atividade dos vendedores ambulantes, que está suspensa desde a semana passada na área central da cidade. Uma nova reunião marcada para o dia 6 de novembro vai retomar as tratativas sobre a questão.

Por determinação do prefeito José Carlos Fernandes Chacon (Zé Biruta), as calçadas das praças e das principais ruas e avenidas da região central do município foram desocupadas, para que os pedestres voltassem a caminhar tranquilamente e, por outro lado, atender a reivindicação dos comerciantes estabelecidos na cidade, que pagam impostos e sofrem com o comércio paralelo de camelôs vindos de outras localidades.

Depois de a comissão de camelôs formada por quatro representantes apresentar suas demandas, o secretário de Governo Claudinei Valdemar Galo, explicou aos presentes que a questão não foi criada pela Administração Municipal e que o Poder Executivo é obrigado a cumprir a lei vigente. “O prefeito (Zé Biruta) não está perseguindo ninguém, ele apenas está executando o seu dever como gestor municipal, que é o de fazer com que as leis sejam cumpridas”, salienta Galo.

Após a apresentação de muitas propostas, a comissão, os vereadores e o Governo Municipal chegaram a um consenso e definiram se reunir novamente, no dia 6 de novembro, para tratar de uma agenda de trabalho com o objetivo inicial de avaliação do cadastro dos interessados, os critérios para a seleção dos camelôs que passarão a ter a licença de funcionamento e o mapeamento dos locais onde cada um poderá instalar o seu ponto de vendas.

Os camelôs interessados em regularizarem suas atividades devem se dirigir a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agropecuário, para efetuar a inscrição até o dia 10 de novembro, lembrando que o prazo não será prorrogado. A seleção dos camelôs que poderão voltar a ter sua atividade liberada deve ocorrer no dia 20 do mesmo mês. “Esta é uma ação integrada proposta pelo prefeito Zé Biruta, que tem a participação das secretarias de Desenvolvimento Econômico, Governo, Administração, Fazenda e Chefia de Gabinete em parceria com a Câmara Municipal”, destaca Pedro Bou Assi, secretário de Desenvolvimento Econômico.

Participaram da reunião os secretários municipais Claudinei Valdemar Galo (Governo) e Francisco Pereira Brito (Esportes), Fernando Felippe (Chefe de Gabinete), Cleverson Ramos (comandante da Guarda Civil) e Álvaro Merlos Akinaga Cordeiro (assessor Jurídico). Também estiveram presentes os vereadores Flávio Batista de Souza (presidente da Câmara), Hodirlei Martins Pereira (vice-presidente), Clóvis Ottoni, Argílio Nícolas, Cláudio Squizato, Ananias Coelho Neto, Pedro Paulo de Almeida e Lairton Dantas Pessoa.

TEXTO: Miguel Leite

FOTOS: Aurélio Alves / Secom Ferraz