Ferraz marca presença no lançamento do Caderno Econômico Alto Tietê

Ferraz marca presença no lançamento  do Caderno Econômico Alto Tietê

O Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) realizou nesta terça-feira (26 de junho) o lançamento do Caderno Econômico Alto Tietê, que tem como objetivo o fortalecimento da política regional e a atração de investimentos para as 11 cidades que compõem o Consórcio. A apresentação do Caderno foi realizada no Centro Municipal de Educação Adamastor, em Guarulhos, e contou com a presença do governador do Estado, Márcio França.

A publicação ilustra dados provenientes de vários indicadores da região desde 2000 até o primeiro trimestre de 2018. Números sobre comércio exterior, balança comercial, mercado de trabalho, remuneração mensal, rendimentos, e evolução do Produto Interno Bruto (PIB) podem ser encontrados no Caderno. Para isso foram coletados dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) de 2016 e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) de 2017 e do primeiro quadrimestre de 2018, divulgados pelo Ministério do Trabalho, bem como informações do Instituto Brasileiro de de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa, o Guti, o Caderno Econômico Alto Tietê mostra a evolução da região. “Se formos comparar o primeiro trimestre de 2017 e o primeiro trimestre de 2018 já vemos o crescimento do Alto Tietê, como por exemplo no índice de empregabilidade. O Caderno nos mostra uma evolução positiva e serve como espinha dorsal do que podemos esperar destas cidades”, disse Guti.

O governador Márcio França, depois de apresentar um vídeo sobre o potencial de São Paulo, destacou porque o Estado é diferente e mais evoluído que outros. “Nós temos uma infraestrutura melhor do que muitos lugares, no índice mundial de qualidade de rodovias, São Paulo já ultrapassou a Califórnia. Outro ponto é a tecnologia. Hoje temos faculdade pública a distância, o que trará uma oferta para 100% dos alunos que se formarem no ensino médio no Estado em 2019. Todos os formados terão vaga garantida na faculdade. E claro, São Paulo possui estabilidade política, são estudos que vêm de 500 anos atrás para fortalecer nosso Estado, e tenho certeza que o Caderno do Alto Tietê é também uma ferramenta neste sentido”, destacou França.

O prefeito José Carlos Fernandes Chacon, o Zé Biruta, frisou o potencial da região para receber novos investimentos e a importância desta publicação. “Só o PIB do Alto Tietê representa 5% do PIB nacional, o que equivale a mais de R$ 100 bilhões por ano. Nessa região temos boas rodovias, acesso a portos, aeroportos, e trabalhando de forma integrada, por meio do Condemat, temos chances de trazer muitos investimentos para estas cidades, e o Caderno Econômico Alto Tietê é um instrumento importante para isso”, afirmou o chefe do Executivo ferrazense.

Na ocasião, representando o prefeito Zé Biruta, estava presente o diretor de Comunicação Social da Prefeitura, Fernando Felippe. Também marcaram presença os deputados estaduais André do Prado e Luiz Carlos Gondim, além dos prefeitos Rodrigo Ashiuchi (Suzano), Jarbas Ezequiel de Aguiar (Biritiba Mirim), Fábia Porto (Santa Isabel), Vanderlon Oliveira Gomes (Salesópolis), Mamoru Nakashima (Itaquá), entre outras autoridades da região.

TEXTO: Leticia Riente

FOTOS: DeCom Ferraz